Terremoto no litoral do Equador deixa dois mortos e suspende operação de refinaria

  • Manuel Toro/AFP

    Hotel é danificado após terremoto de 5,8 graus atingir o litoral noroeste do Equador, na província de Esmeraldas

    Hotel é danificado após terremoto de 5,8 graus atingir o litoral noroeste do Equador, na província de Esmeraldas

Um terremoto de magnitude 5,8 atingiu a costa do Equador no início desta segunda-feira, matando duas pessoas, além de deixar 15 feridos e suspender as atividades da refinaria de petróleo de Esmeraldas, informaram autoridades.

O instituto geológico do país registrou o tremor na costa de Atacames, na província de Esmeraldas, a noroeste da capital Quito. O terremoto foi seguido por 15 réplicas de menor intensidade.

O presidente Rafael Correa se reuniu com autoridades locais na região, que já havia sofrido um terremoto de magnitude 7,8 este ano em que 670 pessoas morreram e milhares ficaram desabrigadas.

"Lamentamos que uma senhora de 75 anos tenha sofrido um ataque cardíaco devido ao terremoto", disse a secretária nacional de resposta a desastres Susana Duenas a uma rádio local. Não havia informações sobre a segunda pessoa que morreu.

A refinaria de Esmeralda, que tem capacidade de refinar 110 mil barris por dia, teve os trabalhos suspensos por precaução, disse à Reuters Pedro Merizalde, presidente da estatal Petroecuador.

Merizalde disse que a infraestrutura da refinaria seria checada e que a paralisação deve durar dois dias.

Autoridades disseram que três hotéis na área, um popular destino turístico, foram destruídos e outras construções sofreram danos substanciais.

(Reportagem de Alexandra Valencia)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos