Justiça nega recurso da Petrobras e mantém suspensão de venda de campos para Karoon

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Justiça Federal rejeitou recurso da Petrobras e manteve decisão que suspendeu o processo de venda dos campos de Baúna e Tartaruga Verde para a australiana Karoon, informaram as partes interessadas no processo nesta terça-feira.

A decisão foi tomada no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), segundo informações do Sindipetro Alagoas Sergipe, responsável pela ação contra a Petrobras.

A Karoon confirmou a decisão da Justiça, em nota ao mercado nesta terça-feira, e destacou que qualquer nova decisão sobre o caso somente será tomada no próximo ano, uma vez que a Justiça no Brasil entrou em recesso.

Já a Petrobras não respondeu imediatamente um pedido de comentários.

A Petrobras informou em outubro que estava em negociação com a Karoon Gas Australia para a venda de participação nos campos, nas bacias de Santos e de Campos, respectivamente.

A transação faz parte do plano 2015-16 de desinvestimentos da petroleira, que tem buscado vender ativos para reduzir sua enorme dívida, com foco principalmente na negociação de empreendimentos que ainda demandarão muitos recursos, o que é o caso de Tartaruga Verde.

(Por Marta Nogueira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos