Merkel: Devemos presumir que ataque em mercado de Berlim foi ato de terrorismo

BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse nesta terça-feira que acredita que o incidente em um mercado de Natal em Berlim, que deixou 12 mortos na segunda-feira, foi um ataque terrorista, acrescentando que será difícil suportar caso um imigrante tenha sido o autor.

"Há muito que ainda não sabemos com certeza suficiente, mas precisamos, da forma que as coisas estão agora, presumir que foi um ataque terrorista", disse Merkel a repórteres.

"Sei que seria especialmente difícil para nós suportarmos isso caso seja confirmado que a pessoa que cometeu este ato era alguém que buscou proteção e asilo", acrescentou.

Merkel prometeu que cada detalhe do incidente será esclarecido, e que o agressor será punido com força total da lei.

(Reportagem de Paul Carrel e Michelle Martin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos