Novos AirPods, da Apple, são difíceis de reciclar

SÃO FRANCISCO (Reuters) - Os novos fones de ouvido sem fio da Apple podem se tornar um problema para recicladores, de acordo com uma empresa de eletrônicos que desmontou o dispositivo para revisar seus componentes.

A Apple tem promovido uma imagem de maior consciência em relação ao meio ambiente para a empresa, após ter sido criticada no passado por construir seus dispositivos de forma tão conectada que pode ser difícil separar os componentes para reciclagem em relação ao custo benefício.

Mas os mais recentes fones de ouvido sem fio da Apple, ou AirPods, têm pequenas baterias de lítio coladas, o que torna a reciclagem difícil, disse Kyle Wiens, presidente-executivo da iFixit, a empresa que desmontou os AirPods e já analisou outros produtos da Apple anteriormente.

"Eles estão basicamente dizendo que este é o futuro dos fones de ouvido", disse Wiens. Ele estima que a Apple tenha vendido 1,4 bilhão de pares de fones de ouvido para iPhones e iPods, pesando cerca de 31 milhões de libras. Considerando que o iPhone 7 é vendido sem a tradicional capa de fones de ouvido, os AirPods podem ser o futuro da empresa.

"Pode haver facilmente um bilhão destas coisas nos próximos dez anos", disse Wiens.

A Apple disse que os AirPods podem ser devolvidos para a empresa para a reciclagem. Um porta-voz não quis comentar mais sobre a reciclagem dos aparelhos.

(Por Stephen Nellis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos