Kremlin critica novas sanções norte-americanas e diz que pode responder

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin afirmou nesta quarta-feira que novas sanções impostas sobre a Rússia pelos Estados Unidos irão danificar as relações entre os dois países, e que Moscou pode responder com medidas próprias.

"Lamentamos que Washington continue neste caminho destrutivo", disse a repórteres o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante teleconferência.

"Acreditamos que isso danifica as relações bilaterais... A Rússia irá tomar medidas proporcionais", acrescentou.

Os Estados Unidos ampliaram sanções na terça-feira contra empresários e companhias da Rússia, adotadas após a anexação da Crimeia pela Rússia em 2014 e o conflito na Ucrânia.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos