Ericsson e Cisco visam clientes corporativos e setor público em 2017

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante global de equipamentos de telecomunicação Ericsson planeja expandir sua parceria com a Cisco ao servir novos clientes corporativos e o setor público em 2017, disse seu presidente na América do Norte à Reuters.

Rima Qureshi diz que a Ericsson e a Cisco estão a caminho de obter 1 bilhão de dólares extra cada em receitas até 2018, através de uma parceria que foi anunciada no fim de 2015.

Qureshi diz que a parceria entre Cisco e Ericsson, que gerou mais de 60 acordos no primeiro ano, tem focado principalmente em operadoras de televisão. No ano que vem, as empresas planejam visar empresas e o setor público.

"As duas definitivamente estão muito mais próximas em termos de trabalhar como uma corporação (segmento)," disse Qureshi.

"Estamos investindo no que podemos fazer juntas dentro de Indústria e Sociedade, Internet das Coisas, cidades inteligentes e vamos visar segmentos específicos do setor público, por exemplo, transportes, concessionária... E então, é claro, estamos olhando outros segmentos como segurança", acrescentou.

Qureshi disse que a previsão da Ericsson é gerar até 25 por cento de receita com os negócios fora de operadoras de telecomunicações até 2020.

(Por Olof Swahnberg)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos