Kvitova se diz determinada a voltar às quadras depois de ataque com faca

PRAGA (Reuters) - Bicampeã de Wimbledon, Petra Kvitova disse nesta sexta-feira que fará tudo que puder para voltar ao tênis depois de sofrer um ferimento na mão durante um ataque com faca que irá mantê-la fora das quadras por ao menos seis meses.

Kvitova foi ferida na terça-feira, quando enfrentou um homem que invadiu sua casa na República Tcheca, e machucou todos os dedos da mão esquerda, que usa para jogar.

A número 11 do mundo se dirigiu a mídia diretamente pela primeira vez nesta sexta-feira, depois de passar por uma operação para reparar os tendões da mão, e se mostrou determinada a voltar ao esporte.

"Não tenho escolha a não ser olhar para a frente, e não para trás, para ver como tudo irá transcorrer", disse ela em uma coletiva de imprensa durante a qual foi vista sorrindo e até rindo em alguns momentos.

"Na verdade não me importa quanto tempo irá levar (para jogar de novo), se são três meses, seis meses, um ano ou o tempo que levar. Mas certamente quero voltar um dia, e farei todo o possível para isso."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos