Bashar al Assad manda mensagem de condolências por queda de avião russo

AMMAN (Reuters) - O presidente da Síria, Bashar al Assad, afirmou neste domingo estar "entristecido pela queda do avião militar russo que estava a caminho da Síria para celebrar a vitória do seu exército em Aleppo", mas que a luta contra os radicais islâmicos não será afetada".

Na mensagem de condolências enviada ao presidente russo, Vladimir Putin, Assad afirmou ainda que os dois países eram parceiros na luta "para lançar as bases da estabilidade, segurança e paz na Síria".

Forças sírias com apoio do exército russo expulsaram os rebeldes de Aleppo na última quinta-feira, depois de anos de lutas.

O Tupolev russo com 92 pessoas caiu neste domingo no mar Morto a caminho da Síria com mais de 60 membros do Coral do Exército Vermelho, incluindo cantores, músicos e bailarinos. Não há sobreviventes, segundo as autoridades do governo russo.

(Por Suleiman Al-Khalidi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos