Chelsea quebra recorde com 12ª vitória seguida e abre vantagem de 7 pontos na liderança

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - O predomínio do Chelsea na corrida pelo título do Campeonato Inglês se fortaleceu nesta segunda-feira, quando derrotou o Bournemouth por 3 x 0 e obteve sua 12a vitória sucessiva na liga, estabelecendo um recorde e abrindo uma vantagem de sete pontos na liderança.

Aproximando-se do meio da temporada, o Chelsea soma 46 pontos diante dos 39 do Manchester City, que derrotou o Hull City por 3 x 0, com gols de Yaya Touré (de pênalti), Kelechi Iheanacho e Curtis Davies, se recuperando depois de alguns tropeços.

O Liverpool, que recebe o Stoke City na terça-feira, tem 37 pontos, assim como o Arsenal, que precisou de um gol no fim de Olivier Giroud para bater o West Bromwich Albion por 1 x 0.

O Manchester United está encostando nos primeiros da tabela agora que empatou com o Tottenham Hotspur em 33 pontos graças a uma vitória de 3 x 1 sobre o Sunderland em casa.  

Como Diego Costa está suspenso, o técnico do Chelsea, Antonio Conte, optou por jogar sem um atacante reconhecido e colocou Eden Hazard, Pedro e Willian para atacarem a partir do meio-campo.

A abordagem se revelou eficaz, já que Pedro mostrou ter faro para o gol com uma finalização caprichada que deixou o Chelsea na frente após 24 minutos.

Em boa forma, o meio-campista Hazard fez 2 x 0 com um pênalti no início do segundo tempo depois de ser derrubado, e um chute desviado de Pedro já nos acréscimos completou um ótimo dia para os londrinos.

O 12o triunfo do Chelsea levou a equipe para além das 11 vitórias que o time havia acumulado em 2009 e o deixou a duas do recorde estabelecido pelo Arsenal na primeira divisão em 2002.

A atual formação do Arsenal não surpreendeu ao tomar conta do campo diante do West Brom, mas careceu de brilho durante longos momentos.

Alexis Sánchez acertou o travessão e os zagueiros do West Brom fizeram uma série de intervenções desesperadas até que sua resistência foi vencida por uma cabeçada de Giroud a quatro minutos do encerramento.

O Manchester United mandou no jogo com o Sunderland, que marcou a volta do treinador David Moyes a Old Trafford, mas o confronto foi tenso até os instantes finais, quando os anfitriões desperdiçaram várias chances.

O atual campeão Leicester continuou a ter dificuldades e perdeu de 2 x 0 em casa para o Everton. Bob Bradley também teve um dia ruim, já que seu Swansea levou uma surra de 4 x 1 do West Ham United em seu próprio gramado.

O Burnley se distanciou mais da zona de rebaixamento ao derrotar o também problemático Middlesbrough por 1 x 0, e Sam Allardyce estreou no comando do Crystal Palace com um empate de 1 x 1 com o Watford.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos