Agência antidoping da Rússia diz não ter admitido conspiração no esporte

(Reuters) - A agência antidoping da Rússia disse nesta quarta-feira que não admitiu a existência de um esquema de doping em larga escala no sistema esportivo do país, e afirmou que uma reportagem do jornal New York Times citando essa suposta confissão é uma distorção da posição oficial da entidade.

Mais cedo nesta quarta-feira, o jornal norte-americano disse que autoridades da agência russa conhecida como Rusada reconheceram pela primeira vez que existiu uma conspiração organizada para a prática de doping na Rússia.

Segundo a reportagem, Anna Antseliovich, diretora-geral interina da Rusada, teria admitido o esquema em uma entrevista. De acordo com o jornal, ela disse: "Foi uma conspiração institucional", acrescentando não ter havido envolvimento de autoridades de primeiro escalão do governo.

A suposta afirmação pareceu corroborar a parte final do relatório independente da Agência Mundial Antidoping (Wada) a respeito do doping, divulgada neste mês, que revelou indícios abundantes de um esquema de dopagem elaborado.

O relatório apontou que mais de mil competidores russos de mais de 30 esportes se envolveram em um complô para ocultar exames positivos de substâncias proibidas durante um período de cinco anos.

Mas, nesta quarta-feira, a Rusada afirmou em um comunicado que o New York Times distorceu e tirou de contexto as palavras de Antseliovich. "Queremos enfatizar que a Rusada não tem e não poderia ter autoridade para admitir ou negar tal fato (uma conspiração institucional)", disse a agência.

"O Comitê Investigativo da Federação Russa está analisando a questão (do doping). Todo esportista acusado tem o direito indiscutível de objetar às acusações".

Mais de 100 atletas russos foram impedidos de competir na Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 depois que o Comitê Olímpico Internacional (COI) estabeleceu critérios para estes esportistas que incluíram um histórico livre de casos de doping e exames suficientes em eventos internacionais.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse aos repórteres que as autoridades russas sempre negaram que o Estado russo se envolveu com doping.

(Por Amlan Chakraborty, em Nova Délhi; Denis Pinchuk, Peter Hobson e Andrew Osborn, em Moscou)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos