Brasil Pharma desiste de negociação para venda de rede Big Ben para Ultrapar, dizem fontes

Por Tatiana Bautzer

SÃO PAULO (Reuters) - A Brasil Pharma, terceira maior empresa de varejo farmacêutico do país, desistiu das negociações para venda da rede de drogarias Big Ben para o conglomerado industrial Ultrapar, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters.

A Extrafarma, braço de farmácias da Ultrapar, ofereceu um valor muito menor que os 750 milhões de reais pretendidos pela Brasil Pharma, disseram as fontes.

A Big Ben, com sede em Belém do Pará, tem 264 lojas no Norte e Nordeste do país e é a maior rede de farmácias controlada pela Brasil Pharma.

Criada como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, a Brasil Pharma teve problemas de integração, passou por disputas entre acionistas e enfrenta problemas de dívida elevada e competição crescente. A empresa é controlada pelo braço de participações do grupo financeiro BTG Pactual e seus clientes.

A Brasil Pharma agora está buscando outras alternativas para a Big Ben, disseram as fontes.

Representantes do BTG Pactual e da Brasil Pharma não comentaram o assunto de imediato. A Ultrapar disse que não vau comentar.

No final de setembro, a Brasil Pharma anunciou a venda da rede Rosário Distrital para a Profarma Distribuidora de Produtos Farmacêuticos por 173 milhões de reais.

A Reuters publicou em 7 de setembro que a Brasil Pharma estava em negociações para vender a Rosário para a Profarma e a Big Ben para a Ultrapar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos