China confirma novo caso de gripe aviária em humano na província de Guizhou

PEQUIM (Reuters) - Autoridades sanitárias na província de Guizhou, no sul da China, confirmaram um novo caso humano da gripe aviária H7N9, disse a rádio estatal, levando o número total de infecções em humanos da gripe altamente patogênica a 19 neste inverno.

O homem de 49 anos, um comerciante de frangos, estava sendo tratado em um hospital do município de Qiannan, disse a rádio no domingo. As autoridades locais estavam tomando precauções para tentar prevenir a propagação da infecção, segundo a reportagem.

Um total de 19 pessoas foram infectadas com a gripe aviária na China até agora neste ano, todos com o tipo H7N9, matando ao menos três delas.

Temores de um grande surto de gripe aviária na Ásia foram elevados por um número recorde de casos da doença em aves da Coreia do Sul, bem como infecções em aves do Japão.

A China abateu mais de 170 mil aves em quatro províncias desde outubro e fechou alguns mercados de aves vivas após pessoas e aves terem sido infectadas com tipos da gripe. O surto entre aves tem sido do tipo H5N6, outra variedade altamente patogênica da doença.

(Por Josephine Mason e Meng Meng)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos