Governador de Maine assina medida que legaliza uso recreativo de maconha

(Reuters) - O governador de Maine, Paul LePage, disse nesta terça-feira que assinou uma medida legalizando o uso recreativo de maconha no Estado norte-americano, após eleitores terem aprovado a medida em um plebiscito realizado em novembro.

Com a assinatura, Maine se torna o nono Estado norte-americano a legalizar o uso recreativo da droga.

LePage, um republicano que havia se oposto à ideia, manifestou ressalvas quanto a como seria implementada a legalização em uma entrevista semanal à rádio WMOV, na qual ele confirmou ter assinado a promulgação da legalização.

"Não há nada que eu possa fazer até que o legislativo me dê dinheiro para montar a infraestrutura", disse LePage.

A lei permitirá que adultos acima de 21 anos usem a droga em espaços privados, mas não públicos, e portem até 2,5 onças (70,9 gramas) de maconha.

"Habitantes do Maine não serão mais punidos por usar uma substância que é mais segura que álcool", disse David Boyer, que liderou a campanha de legalização, em nota.

"Estamos ansiosos para trabalhar com o legislativo para garantir uma implementação adequada da Questão 1, que oferecerá a adultos uma maneira legalizada de comprar maconha de empresas licenciadas e reguladas."

A droga continua ilegal sob a lei federal, e o presidente eleito Donald Trump, que assume o cargo em 20 de janeiro, tem dado indícios contraditórios sobre sua visão do tema.

(Por Scott Malone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos