Vice de Trump se reúne com republicanos para discutir programa de saúde pública

Por Susan Cornwell e Richard Cowan

WASHINGTON (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e parlamentares republicanos prometeram agir rapidamente para derrubar uma lei de saúde pública que marcou o governo de Barack Obama, mas desmantelar o programa pode deixar dezenas de milhares de norte-americanos sem acesso a cuidados médicos.

Tal resultado pode se voltar com força contra os republicanos, os quais controlam ambas as casas do Congresso norte-americano. O dilema será o foco de conversas que o vice-presidente eleito, Mike Pence, terá com parlamentares republicanos nesta quarta-feira, no Capitólio. 

Ao mesmo tempo, Obama se encontrará com democratas, também no Capitólio, a fim de descobrir como proteger a lei, a qual garante aos cidadãos acesso a planos de saúde e ficou conhecida como Obamacare, frente a republicanos que querem derrubá-la e substituí-la com uma alternativa mais voltada ao mercado.

“A prioridade do presidente e a motivação do presidente estão em manter os interesses de 22 milhões de norte-americanos cujos planos de saúde seriam eliminados caso os republicanos derrubem a lei”, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, a repórteres.

Trump prometeu proteger algumas partes populares do Obamacare, como proibir que seguradoras neguem cobertura para pessoas com doenças pré-existentes, mas quer substituir o programa com um sistema que seja “muito melhor e muito menos caro”, conforme disse à Reuters em outubro.

O deputado republicano Chris Collins, que faz a ponte entre a equipe de transição de Trump e o Congresso, disse não esperar que Pence tenha respostas definitivas sobre detalhes da política a ser adotada, tais como um plano de datas a ser considerado para derrubar a lei.

Um assessor da liderança dos republicanos disse que há muitas “ideias”, mas que ainda é cedo para saber o que será colocado na legislação que substituirá o Obamacare. 

(Reportagem adicional de Mike Stone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos