Ex-funcionário processa Snapchat e diz que empresa enganou investidores, diz Hollywood Reporter

(Reuters) - Um ex-funcionário levou o Snapchat para o tribunal, acusando o aplicativo de mensagens de enganar investidores e parceiros comerciais para aumentar sua oferta pública inicial, disse o Hollywood Reporter, citando um documento judicial.

No processo apresentado na quarta-feira em um tribunal da Califórnia por Anthony Pompliano, que já trabalhou com o Facebook, também se alegou que ele foi demitido por ser um denunciante, informou a revista.

A Snap Inc, dona da Snapchat, rejeitou as acusações.

"Nós analisamos a queixa. Ela não tem mérito. Foi totalmente inventada por um ex-funcionário desapontado", disse uma porta-voz da Snap à Reuters em uma declaração por email.

O ex-funcionário, que liderou a equipe de crescimento da Snapchat durante suas três semanas com a empresa, disse que soube de falsas declarações e pediu aos executivos que corrigissem os problemas. Pompliano afirmou que estava sob pressão para violar as informações confidenciais e proprietárias do Facebook, segundo a revista.

(Reportagem de Rama Venkat Raman e Subrat Patnaik em Bangalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos