Candidatura de Maia ganha impulso com tendência de apoio de partidos do centrão

BRASÍLIA (Reuters) - A ainda não oficializada candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à reeleição na presidência da Câmara ganhou mais força nos últimos dias, diante da sinalização de apoio de partidos do chamado centrão.

O grupo político reúne mais de dez partidos e quase 200 políticos e na última disputa pelo posto rivalizou com Maia e foi berço de várias candidaturas, em um movimento que chegou a dividir a base de sustentação do governo do presidente Michel Temer.

Agora, ainda que deputados do grupo pleiteiem seu direito a tentar a presidência, caso do líder do PSD, Rogério Rosso (DF), e do líder do PTB, Jovair Arantes (GO), outros integrantes do centrão já sinalizam apoio ao atual presidente da Casa.

Esse é o caso do PP e do PR, segundo uma fonte consultada pela Reuters. A cúpula do PSD, de Rosso, também teria dado indicações de apoio, de acordo com a mesma fonte.

Em nota, o Rosso afirmou que em uma reunião no final do ano passado, que contou com a participação do presidente licenciado do PSD, Gilberto Kassab, ficou decidido que ele se candidataria à presidência da Câmara.

"Não existe nenhuma decisão partidária em contrário", diz a nota.

"Entendo pessoalmente que a candidatura do presidente Maia é inconstitucional", diz ainda o líder do PSD, que aproveitou para anunciar que laçará sua campanha na próxima segunda-feira.

Maia, que ainda não se declara candidato, tem dito que a ideia precisa "amadurecer" e que avalia a questão político-eleitoral para se decidir.

Adversários questionam uma eventual candidatura do atual presidente por considerar que a Constituição veda a reeleição em uma mesma Legislatura, enquanto Maia argumenta que não há proibição expressa para o seu caso, já assumiu o posto para um mandato-tampão.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos