Chile diz que gripe aviária detectada em fábrica de perus não é altamente perigosa

SANTIAGO (Reuters) - O serviço de Agricultura e Pecuária do Chile (SAG) disse nesta sexta-feira que o tipo de gripe aviária detectado em uma fábrica de produção de perus na região central de Valparaíso não é altamente perigosa.

O surto foi detectado em uma unidade operada pela subsidiária da produtora de frangos Agrosuper. A SAG disse que irá abater cerca de 350 mil aves afetadas e irá colocar a área em quarentena para evitar que a doença se espalhe.

O SAG disse que testes de laboratório realizados em conjunto com o Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal, localizado nos Estados Unidos, "confirmou que o vírus de gripe aviária detectado na unidade de perus na cidade de Quilpue é de baixa patogenicidade, significando que este caso representa baixo risco à saúde animal."

O serviço acrescentou que os resultados permitem que as exportações do Chile continuem normalmente, após países como o Peru terem interrompido as importações de aves da nação vizinha.

(Por Anthony Esposito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos