Guardiola minimiza comentários sobre "aposentadoria antecipada"

(Reuters) - O técnico do Manchester City, Pep Guardiola, esclareceu os comentários em que sugeriu estar fazendo planos para uma aposentadoria antecipada e, desta vez, insistiu que ainda não está pronto para deixar de ser treinador. 

O espanhol, de 45 anos, disse à rede NBC em uma entrevista nesta semana que sua passagem pelo City pode ser um de seus últimos cargos como técnico, uma visão que ele buscou explicar.

“Talvez tenha sido inapropriado dizer que estou começando a dizer adeus à minha carreira. Não estou pensando em me aposentar”, disse o espanhol a repórteres antes de uma partida contra o West Ham United, pela terceira rodada da Copa da Inglaterra.

“Eu disse na entrevista que não serei um treinador quando tiver 60 anos. Mas eu tenho 45 anos. Não vou me aposentar dentro de dois ou três anos”, afirmou.

“Eu amo meu emprego e estou no lugar perfeito para fazer meu trabalho, especialmente aqui na Inglaterra”, acrescentou. 

(Por Hardik Vyas em Bengalore)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos