Ações europeias caem com perdas do setor bancário compensando ganhos de tecnologia

MILÃO (Reuters) - As ações europeias recuaram nesta segunda-feira, uma vez que a queda nos papeis dos bancos compensou o setor de tecnologia mais forte, enquanto a queda na libra levou o índice FTSE 100 da Grã-Bretanha a subir ainda mais.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,5 por cento, a 1.438 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,49 por cento, a 364 pontos.

A libra caiu para a mínima em mais de dois meses após comentários no fim de semana da primeira-ministra britânica, Theresa May, despertar a conversa de que a Grã-Bretanha pode retrabalhar as relações comerciais com a União Europeia após o Brexit.

Os bancos registraram as maiores perdas na Europa --o índice do setor perdeu 1,73 por cento e os bancos italianos caíram 3,48 por cento após forte início do ano.

O índice de ações de tecnologia subiu 0,73 por cento depois de um relatório otimista do Citi, que espera que o setor tenha outro ano brilhante, citando fundamentos atraentes e perspectivas de lucros.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,38 por cento, a 7.237 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,30 por cento, a 11.563 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,45 por cento, a 4.887 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,66 por cento, a 19.360 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,24 por cento, a 9.492 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,55 por cento, a 4.677 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos