Setor de eletroeletrônicos deve ter retomada a partir do 2º tri, diz Abinee

SÃO PAULO (Reuters) - A maioria das empresas de eletroeletrônicos esperam retomada dos negócios a partir do segundo trimestre, divulgou nesta terça-feira a Associação da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Segundo levantamento da entidade, essa expectativa foi apontada por 51 por cento das empresas consultadas. Outras 9 por cento acreditam que a retomada aconteça já no primeiro trimestre, enquanto 19 por cento esperam melhora a partir do segundo semestre, 19 por cento apenas em 2018 e 2 por cento não esperam retomada da atividade nos próximos dois anos.

Para 2017, 67 por cento das empresas projetam crescimento, 26 por cento estabilidade e 7 por cento queda nos negócios. A Abinee estima crescimento nominal de 1 por cento no faturamento do setor eletroeletrônico na comparação com 2016.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos