Após Copom reduzir Selic, Bradesco anuncia cortes dos juros

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco anunciou nesta quarta-feira a redução das taxas de juros de linhas de crédito para pessoas físicas e para empresas, logo após o Comitê de Política Monetária (Copom) ter cortado a Selic em 0,75 ponto percentual, para 13 por cento ao ano.

Para pessoa físicas, o Bradesco cortou a taxa mínima mensal do crédito pessoal de 2,84 para 2,78 por cento ao mês, e a máxima de 7,78 para 7,72 por cento. A taxa máxima do cheque especial passou de 13,55 para 13,49 por cento ao mês.

Na linha de capital de giro para micro e pequenas empresas, a taxa mínima do Bradesco caiu de 2,10 para 2,04 por cento ao mês, enquanto a máxima sai 4,27 para 4,19 por cento ao mês.

As medidas entram em vigor na próxima segunda-feira, informou o banco.

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos