Trump rejeita relatos de que Rússia teria materiais comprometedores sobre ele

WASHINGTON (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu futuro chefe de gabinete rechaçaram nesta quarta-feira relatos de que autoridades russas teriam arquivos de informações comprometedoras sobre o empresário republicano, que toma posse em nove dias.

O porta-voz de Trump Reince Priebus, perguntado sobre os relatos no programa "Today", da rede NBC, disse que levou a questão a Trump. "Ele disse que era 'lixo total e estou mantendo isto limpo'", disse Priebus.

Em publicação no Twitter, Trump destacou a rejeição do Kremlim ao assunto como uma "completa e total fabricação".

(Reportagem de Doina Chiacu e Mohammad Zargham)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos