Café arábica sobe para máxima de 6 semanas na ICE; açúcar avança

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do café arábica na ICE subiram para uma máxima de seis semanas nesta quinta-feira, enquanto os futuros do açúcar também se firmaram.

Os futuros do café arábica fecharam em alta de 0,6 centavo, ou 0,40 por cento, a 1,496 dólar por libra-peso, após subir até 1,516 dólar, a máxima para o contrato desde 29 de novembro, uma vez que operadores notaram condições secas no Brasil, onde os frutos estão se desenvolvendo nos pés e precisam de umidade.

"A secura continua sendo uma ampla preocupação ao redor de grande parte do cinturão cafeeiro", disse o serviço de meteorologia MDA Information Systems.

"Chuvas durante o fim de semana devem dar algum alívio, mas mais chuvas ainda serão necessárias mais adiante na próxima semana."

O café robusta para março encerrou em queda de 20 dólares, ou 0,9 por cento, a 2.198 dólares por tonelada, consolidando abaixo da máxima de quatro anos e meio alcançada na quarta-feira.

Os futuros do açúcar bruto para março encerraram em alta de 0,2 centavo, ou 1 por cento, a 20,76 centavos por libra-peso, enquanto o açúcar branco para março fechou em alta de 30 centavos, ou 0,06 por cento, a 539,40 dólares por tonelada.

(Por Marcy Nicholson e Mariana Ionova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos