Soja, milho e trigo fecham em alta em Chicago após relatório do USDA

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros da soja na Bolsa de Chicago alcançaram uma máxima de 3 semanas e meia nesta quinta-feira após o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) reduzir sua estimativa para a safra 2016/17 dos EUA e cortar sua projeção para os estoques de soja, disseram operadores.

A soja para março fechou em alta de 28,75 centavos, ou 2,8 por cento, a 10,4025 dólares por bushel.

Os futuros do milho subiram sustentados no fim da sessão pela força da soja e do trigo, apesar dos dados trimestrais de estoques baixistas divulgados pelo USDA.

O contrato do milho para março fechou em alta de 1 centavo, ou 0,3 por cento, a 3,5825 dólares por bushel.

Os contratos futuros do trigo também fecharam mais altos após o USDA reportar que produtores plantaram a menor área com trigo desde 1909.

O trigo para março encerrou em alta de 7,50 centavos a 4,2625 dólares por bushel.

(Por Julie Ingwersen e Renita D. Young)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos