Escolhida de Trump para Conselho de Segurança Nacional desiste do cargo, diz funcionário da transição

WASHINGTON (Reuters) - A consultora de política externa Monica Crowley, indicada pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, para ocupar um cargo na Casa Branca vai abrir mão do posto, disse à Reuters um funcionário da equipe de transição nesta segunda-feira.

Crowley havia sido escolhida para atuar como diretora de comunicações estratégicas do Conselho de Segurança Nacional, mas sua indicação havia sido manchada por relatos de plágio.

(Reportagem de Steve Holland)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos