Estado Islâmico lança ataque feroz contra enclave do Exército sírio

BEIRUTE (Reuters) - O Estado Islâmico lançou seu ataque mais forte em um ano contra um enclave sitiado pelo governo sírio na cidade de Deir al-Zor, na tentativa de interromper a ligação da localidade com uma base aérea militar nas proximidades, em uma batalha que deixou dezenas de mortos.

Uma fonte militar síria disse que os combates eram intensos. "Esse ataque é uma das tentativas mais ferozes do Daesh no aeroporto e na área", disse a fonte à Reuters, usando o termo em árabe para o grupo. "Parece que o Daesh mobilizou uma grande força".

Descrevendo a batalha como a mais feroz na cidade do leste em um ano, o Observatório Sírio para Direitos Humanos disse nesta segunda-feira que ao menos 82 pessoas foram mortas.

O grupo de monitoramento também afirmou que o Estado Islâmico conseguiu bloquear uma via que liga a base aérea ao restante do enclave do governo, o que significa que o Exército só poderá fornecer suprimentos à cidade por via aérea, mas essa informação foi negada pela fonte militar.

Entre os mortos estariam 28 do Exército e de uma milícia aliada, ao menos 40 combatentes do Estado Islâmico e 14 civis, segundo o grupo de monitoramento do conflito, que tem sede no Reino Unido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos