Queda de avião de carga turco deixa ao menos 37 mortos no Quirguistão

BISHKEK (Reuters) - Um avião de carga turco caiu nesta segunda-feira próximo ao aeroporto de Manas, no Quirguistão, matando ao menos 37 pessoas, na maioria moradores de um vilarejo atingido pelo Boeing 747 ao tentar aterrissar sob forte neblina, disseram autoridades do Quirguistão.

De acordo com a administração do aeroporto, o avião faria uma escala em Manas, perto da capital Bishkek, na rota de Hong Kong para Istambul. A aeronave caiu ao tentar aterrissar em condições ruins de visibilidade por volta das 7h31 (horário local).

O avião avançou no solo por algumas centenas de metros pelo vilarejo, se reduzindo a pedaços e danificando cerca de 15 edificações. Estimativas iniciais colocam o número de mortos no acidente em 37, de acordo com o ministério de emergências do Quirguistão.

Autoridades identificaram inicialmente o Boeing 747-400 como pertencente à Turkish Airlines, mas a operadora de carga turca ACT Airlines disse ser proprietária da aeronave.

"Nosso avião assinado TC-MCL, voando em 16 de janeiro de Hong Kong para Bishkek, caiu ao aterrissar em Bishkek no final da pista por uma razão desconhecida", informou a ACT Airlines em comunicado enviado por e-mail.

"Mais informações serão divulgadas a respeito de nossa equipe de quatro pessoas quando tivermos informações claras".

(Reportagem de Olga Dzyubenko; Reportagem adicional de Vladimir Pirogov, em Bishkek, Daren Butler, em Istambul, e Venus Wu, em Hong Kong)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos