Exportação de carne suína do Brasil cresce 32% em 2016, diz ABPA

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de carne suína do Brasil registraram alta de 32 por cento em 2016, totalizando 732,9 mil toneladas embarcadas, ante 555,1 mil toneladas em 2015, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta terça-feira.

Embora o consumo interno tenha caído, influenciado pela crise econômica no Brasil, a forte demanda externa garantiu bons resultados para o setor.

"Neste contexto, foi altamente positivo o crescimento da participação de Hong Kong, da China e de países da América do Sul no total exportado, diminuindo a dependência sobre as vendas para a Rússia", afirmou em nota o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra.

A receita proveniente das exportações também cresceu, para 1,483 bilhão de dólares em 2016, 16 por cento acima da receita obtida em 2015.

Para 2017, a expectativa é que as exportações para o Leste Europeu, Ásia e alguns países da América do Sul continuem em um bom ritmo. Também é esperada a abertura das exportações para a Coreia do Sul, que está em sua fase final, segundo o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin.

(Por Laís Martins)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos