Príncipes William e Harry pedem que britânicos conversem mais sobre problemas de saúde mental

LONDRES (Reuters) - O príncipe britânico William, a sua esposa, Kate Middleton, e seu irmão Harry pediram nesta terça-feira para os britânicos conversarem mais abertamente sobre questões ligadas a doenças mentais, dizendo que muitas pessoas sofrem em silêncio.

Apoiadores de longa data de iniciativas sobre saúde mental, eles lançaram em 2016 a campanha “Heads Together”, que trabalha com instituições de caridade para tentar lidar com o estigma em torno da saúde mental.

    “Algumas vezes, independentemente de quem somos, é difícil lidar com desafios e quando isto acontece, ser aberto e honesto e pedir ajuda é uma mudança de vida”, disse William, segundo na linha de sucessão ao trono britânico, em discurso.

    “Por muito tempo tem sido um caso de ‘fique quieto e siga em frente’. Como resultado, muitas pessoas sofreram em silêncio por muito tempo e os efeitos disso podem ser devastadores.”

    Os três membros da realeza falaram durante evento em Londres para promover a iniciativa "Heads Together" que é “instituição de caridade do ano” para a Maratona de Londres, em abril. Para 2017, eles planejam oferecer colaborações a mais organizações.

    Kate, duquesa de Cambridge, disse que não saber como pedir ajuda é um desafio para algumas pessoas.

    “Admitir que eles não estão aguentando. Medo, ou discrição, ou um senso de não querer incomodar o outro, significa que pessoas sofrem em silêncio, permitindo que o problema cresça mais e mais, sem controle”, disse.

    Posteriormente nesta terça-feira, William e Harry vão participar da inauguração do Endeavour Fund Awards, um projeto liderado pela Fundação Real que busca ajudar na recuperação de militares e veteranos feridos por meio do esporte e de aventuras.

(Reportagem de Marie-Louise Gumuchian)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos