Rússia diz que alegações de ciberataques são fabricadas

MOSCOU (Reuters) - Alegações de ciberataques realizados pela Rússia são fabricadas, disse o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, nesta terça-feira.

Lavrov afirmou, em entrevista coletiva, que as agências de inteligência norte-americanas que tentaram provar que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, tinha ligações com a Rússia atiraram no vazio e seus agentes deveriam ser demitidos.

O ministro russo também descreveu como charlatão o ex-espião britânico que escreveu um dossiê sobre as supostas ligações de Trump com a Rússia.

(Reportagem de Andrew Osborn e Vladimir Soldatkin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos