Obama diz que Manning cumpriu pena dura de prisão e que comutar sentença não envia sinal errado

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira que a ex-agente de inteligência Chelsea Manning cumpriu uma dura pena de prisão e que a decisão dele de comutar a sentença de 35 anos para cerca de sete anos não significaria indulgência a pessoas que vazaram segredos do governo dos EUA.

Obama afirmou em sua última entrevista coletiva como presidente que sentiu que fazia sentido comutar a sentença de Manning porque ela foi a julgamento e assumiu a responsabilidade pelo crime.

Manning deu informações confidenciais ao grupo WikiLeaks em 2010. Ela recebeu uma sentença "muito desproporcional" em relação a outros que vazaram informações, disse Obama.

(Reportagem de Jeff Mason)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos