ESTREIA-Vin Diesel volta ao personagem radical em "xXx: Reativado"

SÃO PAULO (Reuters) - Como se o mundo estivesse clamando por isso, resolveram ressuscitar a falecida série “xXx”, que conta com dois exemplares – “Triplo X”, de 2002, protagonizado por Vin Diesel; e “xXx – Estado de Emergência”, de 2005, com Ice Cube no papel central. Dado como morto (o que é muito pouco e mal explicado aqui), Xander Cage (Diesel) volta das cinzas para mais uma incursão desnecessária do gênero de ação.

A primeira vez que vemos Cage, ele está no alto de uma torre de televisão, de onde rouba um equipamento. Depois de manobras radicais, envolvendo um ski e skate, ele chega a um vilarejo, na República Dominicana, onde instala o fruto de seu roubo, um aparelho de televisão. Quando liga, todos comemoram. Na tela, está começando um jogo Brasil versus Alemanha (não fica claro se é mesmo aquele fatídico da Copa de 2014).

É preciso uma espécie de desculpa para amarrar as cenas de perseguição, tiroteios e explosões – e essa desculpa atende pelo nome de Caixa de Pandora, um dispositivo capaz de derrubar satélites na Terra. O que os vilões, liderados por Xiang (Donnie Yen), ganham com isso não fica muito claro. Mas, vá lá, isso é o que menos importa.

Quando a primeira queda acontece, a chefe da CIA (Toni Collette) nos quarteis de Nova York (algo estranho, porque a CIA fica em Langley, na Virginia), está descrevendo o problema para um pequeno grupo de donos de satélites. O local é invadido pela gangue de vilões, que rouba o dispositivo e causa mortes e caos.

A única coisa capaz de detê-los é alguém que trabalhe da mesma forma destemida. Eis que a chefe da CIA procura Cage, que fez parte de um programa do governo antes de ser dado como morto, fazendo-lhe uma proposta que ele não pode recusar. O resto são perseguições, correrias, tiroteios que pedem a suspensão do senso de veracidade.

As personagens femininas, por sua vez, – as de maior destaque interpretadas pela atriz de Bollywood Deepika Padukone e Ruby Rose – pouco fazem a não ser atirar, correr e servir de objetos do desejo. Há também uma centena de outras mulheres jovens e bonitas cuja função no filme é desejar uma noite ao lado de Cage.

Dirigido por D. J. Caruso, “xXx: Reativado” não é tão ruim quanto parece, mas também não vai muito além disso. Qualquer um que entre num filme com Vin Diesel sabe mais ou menos o que esperar - esses não se decepcionarão. Já aqueles que foram ao cinema para ver a tão falada estreia do jogador Neymar num filme, esses sim podem sair com um misto de decepção com constrangimento.

(Por Alysson Oliveira, do Cineweb)

* As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos