Corpos de Teori e mais duas pessoas são resgatados de local de acidente em Paraty

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os corpos do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), e de mais duas pessoas foram resgatados do local onde caiu o avião que os transportava em Paraty, litoral do Rio de Janeiro, informaram o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil, que ainda trabalham no resgate de outras duas vítimas.

Os corpos de Teori, do empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, dono do Hotel Emiliano, e de uma mulher que também estava na aeronave já estão no Instituto Médico Legal (IML) de Paraty e devem ser liberados ainda nesta sexta.

Outros dois corpos, o do piloto da aeronave e de um quinto passageiro, estão presos nas ferragens da aeronave e o resgate é mais complicado e não tem previsão para ser concluído, disseram os bombeiros e a Defesa Civil.

Técnicos da Marinha e da Aeronáutica também estão no local acompanhando os trabalhos de resgate e já iniciaram a investigação do acidente. A Polícia Federal também abriu inquérito para investigar o caso.

Na noite de quinta, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse que o velório de Teori, relator da Lava Jato no Supremo, acontecerá em Porto Alegre atendendo a pedido da família do ministro. O presidente Michel Temer deve ir à capital gaúcha para o velório.

Teori, de 68 anos, era responsável por todos os casos envolvendo políticos com prerrogativa de foro junto ao Supremo no âmbito Lava Jato. Sua morte joga incerteza sobre a tramitação dos processos da operação na corte. [nL1N1F92LO]

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos