PUBLICIDADE
Topo

Ecclestone ainda pode desempenhar papel na Fórmula 1, diz novo chefe

24/01/2017 19h33

LONDRES (Reuters) - Bernie Ecclestone ainda pode desempenhar um papel importante na nova era da Fórmula 1, apesar de ter sido destituído como chefe, disse o novo chefe, Chase Carey, nesta terça-feira.

Ecclestone, de 86 anos, foi apontado como presidente emérito na segunda-feira após a rede de televisão a cabo norte-americana Liberty Media, do magnata John Malone, completar a aquisição da categoria e apontar o atual presidente da Fórmula 1, Carey, em seu lugar.

O bilionário britânico, que comandava o esporte há 40 anos, disse à revista alemã "Auto, Motor and Sport" que estava incerto sobre o que o novo título realmente significava.

Carey reconheceu que era "indefinido", mas disse que não era uma distinção vazia.

"Bernie pode ser verdadeiramente prestativo para mim e para o conselho na liderança do negócio e oferecer conselhos inestimáveis", disse Carey à Reuters.

(Por Alan Baldwin)