Chile recebe ajuda internacional para enfrentar incêndios florestais devastadores

SANTIAGO (Reuters) - Os piores incêndios florestrais da história moderna do Chile estão devastando faixas amplas das regiões centro e sul do país, ao mesmo tempo que um imenso Boeing 747-400 Super Tanker chegou emprestado dos Estados Unidos nesta quarta-feira para ajudar no combate ao fogo.

"Nunca vimos algo desse tamanho, nunca na história do Chile. E a verdade é que os bombeiros estão fazendo tudo o que é humanamente possível, e vão continuar fazendo, até que o fogo seja contido e controlado”, disse a presidente Michelle Bachelet, ao visitar uma região bastante atingida.

Incêndios florestais são eventos regulares nos verões áridos e quentes do Chile, mas uma seca de quase uma década combinada com temperaturas bastante altas criaram as condições atuais.

Ajuda internacional da França, dos EUA, do Peru e do México tem chegado ao Chile, enquanto o fogo atinge serras e cidades vizinhas, queimando casas, fábricas e vinhedos da região. O país declarou estado de emergência na semana passada.

Ao todo, 85 incêndios diferentes foram registrados, cobrindo cerca de 190 mil hectares, mais que o dobro da área da cidade Nova York.

O serviço florestal disse que 35 dos incêndios estão fora de controle.

Alguns dos incêndios podem ter começado de forma intencional, e houve prisões relacionadas a investigações em andamento, segundo a presidente.

Três bombeiros foram mortos em 15 de janeiro, e outros três estão gravemente feridos. A imprensa local disse nesta quarta que outro bombeiro havia morrido.

(Reportagem de Anthony Esposito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos