Francesa PSA planeja retomar produção de automóveis na Índia até 2020

Por Laurence Frost e Gilles Guillaume

PARIS (Reuters) - O grupo automobilístico francês PSA informou nesta quarta-feira que vai retornar ao mercado indiano até 2020, com um modesto acordo de produção com o CK Birla, de Nova Délhi.

A empresa francesa, que suspendeu a produção na Índia em 1997, investirá 100 milhões de euros (107 milhões de dólares) com a Hindustan Motors, do grupo Birla, para fabricar automóveis no estado de Tamil Nadu.

Uma segunda joint venture com a AVTEC, também da Birla, produzirá motores e transmissões para PSA e, possivelmente, para outras fabricantes, informaram as empresas em comunicado.

Os planos anunciados representam um "passo importante para o crescimento mundial do lucro do grupo PSA", disse o presidente da empresa, Carlos Tavares. A companhia busca uma expansão internacional para reduzir sua dependência do mercado europeu.

O mercado automotivo indiano, que cresceu 7 por cento no ano passado, para 2,96 milhões de carros, tem sido desafiador para muitas montadoras estrangeiras. Uma tentativa anterior da marca Peugeot de se fixar no país terminou com o colapso da joint venture no fim dos anos 90.

O PSA começará produzindo de 10 mil e 15 mil automóveis anualmente, informou Tavares, criando o equivalente a 1.500 empregos na fábrica da Hindustan Motors, em Chennai, que agora monta utilitários esportivos para Mitsubishi.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos