Lucro líquido da Hyundai no 4º tri cai ao menor nível em cinco anos

SEUL (Reuters) - A Hyundai Motor <005380.KS> apresentou o menor lucro líquido trimestral em cinco anos em razão de descontos mais agressivos concedidos para sedãs de pequeno porte no quarto trimestre, e alertou para um cenário de incertezas em 2017.

A montadora sul-coreana lucrou 1 trilhão de wons (858,07 milhões de dólares) no quarto trimestre, um resultado 39 por cento menor que o de igual período do ano anterior e o pior desde o primeiro trimestre de 2012.

Analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S previam, em média, lucro de 1,5 trilhão de wons.

A receita trimestral gerada pelas vendas caiu 0,9 por cento na comparação com o quarto trimestre de 2015, para 24,5 trilhões de wons, enquanto o lucro operacional despencou 33 por cento na mesma base, para 1 trilhão de wons.

Em 2011, mais de um em cada 20 carros vendidos nos Estados Unidos eram da marca Hyundai, que na época negociava os sedãs Elantra e Sonata. Mas os automóveis da sul-coreana perderam espaço para o Civic, da japonesa Honda <7267.T>, nos Estados Unidos, e para o SM6, da Renault , na Coreia do Sul.

E as perspectivas para as vendas em 2017 agora podem ser afetadas pelas decisões do novo presidente norte-americano, Donald Trump.

"Vamos continuamente monitorar as mudanças nas políticas do governo Trump, e minimizar o impacto em nossas vendas e lucro", disse o vice-presidente da empresa, Zayong Koo, durante teleconferência de resultados nesta quarta-feira.

Sem fornecer detalhes, a Hyundai Motor anunciou ainda que planeja usar 30 a 50 por cento do fluxo de caixa livre para remunerar acionistas no futuro. No ano passado, a empresa pagou mais de 50 por cento aos acionistas, de acordo com um porta-voz da montadora.

As ações da Hyundai <005380.KS> encerraram em baixa de 3,1 por cento na Bolsa de Seul, registrando a maior queda diária desde 10 de novembro de 2016.

(Por Hyunjoo Jin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos