Exército sírio impediu ataque do Estado Islâmico perto de Aleppo, diz grupo

BEIRUTE (Reuters) - O Observatório Sírio para Direitos Humanos disse que o Exército repeliu um ataque do Estado Islâmico a sudeste de Aleppo nesta quinta-feira, depois que confrontos cortaram temporariamente uma rota de suprimento que liga a cidade a outras áreas da Síria controladas pelo governo.

Mais cedo uma fonte militar síria negou que a estrada tenha sido interditada e disse que não houve nenhum ataque do grupo militante na área. "Pelo contrário, o Exército está expandindo seu controle naquela área", afirmou a fonte.

O Observatório, um grupo de monitoramento da guerra sediado no Reino Unido, disse que os combates entre forças do governo sírio e militantes do Estado Islâmico a sudeste de Aleppo bloquearam a estrada de Khanaser-Ithriya, a única rota de suprimento do Exército para a cidade de 1,5 milhão de pessoas, que o governo e seus aliados passaram a comandar totalmente em dezembro.

O Exército sírio e forças aliadas frustraram o ataque e a estrada foi reaberta, segundo o Observatório, que ainda afirmou que os militantes não fizeram nenhum novo avanço na área.

A estrada vai de Aleppo através das cidades de Khanaser e Ithriya e às cidades maiores de Hama e Homs mais ao sul.

    (Por Ellen Francis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos