Operação contra Eike no âmbito da Lava Jato investiga ocultação de US$100 mi, diz PF

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A operação Eficiência, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira no âmbito da Lava Jato tendo o empresário Eike Batista como alvo principal, investiga crimes de lavagem de dinheiro com a ocultação no exterior de cerca de 100 milhões de dólares, informou a PF em nota oficial.

De acordo com a Polícia Federal, foram expedidos pela Justiça Federal 9 mandados de prisão --um deles para Eike--, 4 de condução coercitiva e 22 mandados de busca e apreensão em diferentes endereços no Rio de Janeiro.

"Também são investigados os crimes de corrupção ativa e corrupção passiva, além de organização criminosa. Grandes empresários estão entre os investigados que tiveram a prisão preventiva decretada", acrescentou a nota da PF.

De acordo com a TV Globo, Eike não foi encontrado em casa pela Polícia Federal nesta manhã. Segundo o advogado de Eike, o empresário está viajando e vai se entregar às autoridades, afirmou a emissora.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos