PF diz que pediu inclusão de Eike Batista na lista vermelha da Interpol

BRASÍLIA (Reuters) - A Polícia Federal já pediu a inclusão do nome do empresário Eike Batista na lista vermelha de procurados da Interpol, informou a PF nesta quinta-feira.

A PF deflagrou nesta manhã operação no âmbito da Lava Jato e tentou prender Eike por suspeita de pagamento de propina de 16,5 milhões de dólares ao ex-governador Sérgio Cabral, mas o empresário não foi encontrado em sua casa no Rio de Janeiro.

O delegado da PF Tacio Muzzi havia dito mais cedo que, se não houvesse um contato de Eike em "prazo curtíssimo", o empresário seria considerado foragido e seu nome seria passado à Interpol, já que as informações da PF eram de que ele estaria em Nova York.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos