Café fecha em alta na ICE por clima seco no Brasil; açúcar bruto cai

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do café na ICE subiram nesta sexta-feira, contrariando a tendência fraca da sessão em mercados de commodities maiores, à medida que operadores viram previsões para clima seco no Brasil, principal produtor.

Os futuros do robusta subiram à medida que o feriado Tet no Vietnã, maior produtor do mundo, reduziram vendas de hedge.

O café robusta para março fechou em alta de 28 dólares, ou 1,3 por cento, a 2.238 dólares por tonelada.

Previsões climáticas no Brasil também ajudaram a sustentar os preços, disseram operadores.

O café arábica para março encerrou em alta de 0,95 centavo, ou 0,6 por cento, a 1,524 dólar por libra-peso.

Nos futuros do açúcar, o contrato do açúcar bruto para março fechou em queda de 0,03 centavo, ou 0,2 por cento, a 20,33 centavos por libra-peso, enquanto o açúcar branco para março encerrou em alta de 20 centavos, ou 0,04 por cento, a 537,50 dólares por tonelada.

(Por Marcy Nicholson e Nigel Hunt)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos