Toshiba vai vender parte de sua divisão de chips

TÓQUIO (Reuters) - O conselho da Toshiba aprovou nesta sexta-feira planos para tornar seu negócio de chips de memória em uma empresa separada e buscar investimento externo para ele, conforme a companhia busca amenizar o impacto de uma baixa de vários bilhões de dólares em razão de seus negócios nucleares nos EUA.

O movimento será apenas uma das muitas escolhas difíceis que o conglomerado japonês deve fazer, uma vez que os recursos devem cobrir apenas parte da perda decorrente de um negócio de construção de usinas nucleares recentemente adquirido nos EUA - uma cifra que a mídia local colocou em 680 bilhões de ienes (6 bilhões de dólares).

O negócio de chips de memória da Toshiba - o maior produtor de memória flash NAND do mundo depois da Samsung Electronics - é a joia da coroa, responsável pela maior parte de seu lucro operacional.

A Toshiba está procurando vender cerca de 20 por cento por mais de 200 bilhões de ienes e os potenciais investidores incluem empresas de private equity, o parceiro de negócios Western Digital e o Banco de Desenvolvimento do Japão, que é apoiado pelo governo, disseram fontes.

A empresa está se apressando para terminar a venda até o fim do ano financeiro em março.

(Reportagem de Makiko Yamazaki)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos