Trump assina decreto para tornar entrada nos EUA mais rigorosa e evitar terrorismo

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta sexta-feira um decreto que, segundo ele, imporá uma seleção mais rigorosa para impedir que terroristas estrangeiros entrem nos EUA.

"Estou estabelecendo novas medidas de seleção para manter os terroristas islâmicos radicais fora dos Estados Unidos da América", disse Trump em cerimônia no Pentágono.

"Nós só queremos acolher em nosso país aqueles que apoiarão nosso país e amarão profundamente nosso povo", acrescentou.

Trump também assinou um decreto que, segundo ele, iniciará a reconstrução das Forças Armadas norte-americanas, "desenvolvendo um plano para novos aviões, novos navios, novos recursos e novas ferramentas para nossos homens e mulheres de uniforme".

(Reportagem de Eric Beech)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos