Ex-ditador do Panamá Noriega deixa prisão para passar por cirurgia cerebral

CIDADE DO PANAMÁ (Reuters) - O ex-ditador panamenho Manuel Noriega foi liberado da prisão por três meses para passar por uma cirurgia que removerá um tumor cerebral, disse o advogado dele no sábado.

Noriega, que governou o Panamá de 1983 a 1989, deixou a prisão sob forte escolta policial para passar por tratamento antes da cirurgia, planejada para 15 de fevereiro, e foi levado ao apartamento de uma de suas filhas na Cidade do Panamá.

Seu advogado de defesa, Ezra Angel, disse que autoridades judiciais concederam a Noriega, de 82 anos, um período de prisão domiciliar até 28 de abril para passar pela operação.

Depois será realizada uma avaliação para determinar se ele deve voltar à prisão ou se recuperar fora dela, disse a juíza Katerin Pitti.

(Reportagem de Elida Moreno)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos