Federer afirma que 18º título de Grand Slam é a 'menor parte' do triunfo de Melbourne

Por Nick Mulvenney

MELBOURNE (Reuters) - Roger Federer disse que conquistar o 18º título de Grand Slam esteve longe de ser o aspecto mais satisfatório na conquista do seu quinto título de Aberto da Austrália, neste domingo.

O suíço, que não jogava há seis meses, desde Wimbledon do ano passado, depois de passar por uma cirurgia no joelho, fez um retorno triunfante na Austrália e, 17º cabeça-de-chave, reivindicou seu primeiro título de Grand Slam em quatro anos e meio depois de um épico de cinco sets contra Rafael Nadal.

O 18º título de Grand Slam o coloca ainda mais longe de Nadal e Pete Sampras, que dividem o segundo lugar da lista de maiores campeões com 14 troféus de Grand Slam, e dá mais substância ao argumento de que Federer é o maior jogador de todos os tempos.

"Essa é a menor parte da vitória, para ser honesto", afirmou o tenista de 35 anos em uma entrevista coletiva lotada, mais de duas horas depois de sua vitória.

"Para mim, o mais importante é ter voltado, é mais uma partida épica contra Rafa. Fazer isso aqui na Austrália... que eu ainda consiga fazer isso na minha idade depois de não ter vencido um Slam em quase cinco anos".

"É isso que eu vejo. O último problema é a contagem de títulos. Honestamente, não importa".

A vitória foi sua primeira contra Nadal em Melbourne e encerrou uma sequência de seis jogos com derrota para o espanhol em Grand Slams. Sua última vitória contra o rival, em um major, havia sido na final de Wimbledon, em 2007.

"Nós nos conhecemos há muito tempo, sabe", disse, sobre sua rivalidade com Nadal.

"Rafa definitivamente tem sido muito particular na minha carreira. Eu acho que ele me tornou um jogador melhor. A maneira como o jogo dele combina com o meu, é complicado. Então é definitivamente muito especial".

"Eu não o vencia em uma final de Grand Slam há muito, muito tempo. Agora, fui capaz de fazer isso novamente". 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos