Watford e Hull City são eliminados da Copa da Inglaterra por times de divisões inferiores

Por Steve Tongue

LONDRES (Reuters) - Dois times da primeira divisão do Campeonato Inglês, Watford e Hull City, pagaram o preço por terem colocado em campo equipes enfraquecidas ao serem eliminados na quarta rodada da Copa da Inglaterra, neste domingo.

Como o Liverpool, superado em casa pelo Wolverhampton no dia anterior, as duas equipes erraram ao poupar tantos jogadores às vésperas de partidas pela Premier League no meio de semana, e fica difícil reclamar das eliminações.

O Watford perdeu por 1 x 0 para o Milwall, da terceira divisão, e no outro lado de Londres, o Hull City, finalista três anos atrás, foi goleado por 4 x 1 pelo Fulham, da segunda divisão, depois de desperdiçar dois pênaltis no fim do jogo.

O Milwall, que venceu outra equipe enfraquecida da Premier League, o Bournemouth, na rodada anterior, mereceu a vitória conquistada com um gol de Steve Morison, aos 40 minutos do segundo tempo.

O atacante de 33 anos, em sua segunda passagem pelo clube de Londres, completou um cruzamento na segunda trave do substituto Shane Ferguson.

O técnico do Watford, Walter Mazzarri, realizou sete mudanças, colocando jogadores experientes como o capitão Troy Deeney e os meias Etienne Capoué e Tom Cleverley entre os reservas.

Sem os artilheiros Deeney e Capoué, o Watford sofreu para criar chances claras de gol, levando perigo apenas em uma cobrança de falta de Adlene Guedioura que foi desviada à trave pelo defensor do Milwall Shaun Cummings.

O time também não conseguiu convencer o árbitro a respeito de duas reclamações de pênaltis, uma no primeiro e outra no segundo tempo, e ainda perdeu o goleiro Costel Pantilimon, machucado.

Em Craven Cottage, o Hull, que realizou seis mudanças, saiu atrás no placar graças a um gol de seu ex-atacante Sone Aluko, os 16 minutos.

Evandro empatou, de cabeça aos 4 minutos do segundo tempo, mas Chris Martin, emprestado pelo Derby County, rapidamente restaurou a vantagem.

O jovem promissor Ryan Sessegnon acrescentou um terceiro gol e, a 12 minutos do fim, Stefan Johansen marcou o quarto.

Abel Hernández, do Hull, teve dois pênaltis defendidos pelo goleiro Marcus Bettinelli no espaço de um minuto, para completar o dia ruim. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos