Kremlin diz que Putin e Trump podem se encontrar antes de cúpula do G20 em julho

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin disse nesta segunda-feira que ainda é cedo para falar sobre quaisquer possíveis acordos com os Estados Unidos sobre sanções à Rússia, mas o presidente russo, Vladimir Putin, pode se encontrar com o presidente dos EUA, Donald Trump, antes de uma cúpula G20 em julho.

Putin e Trump conversaram por telefone no sábado e o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse a repórteres em teleconferência nesta segunda-feira que o telefonema foi produtivo.

"(Mas) é quase impossível conversar sobre quaisquer acordos (sobre sanções)", disse Peskov.

"Para começar, precisamos definir a data e hora de um encontro entre os dois presidentes. Assessores estão trabalhando nisso agora", disse, acrescentando que o encontro pode acontecer antes de cúpula do G20 marcada para 7 e 8 de julho em Hamburgo, Alemanha.

Peskov disse que Putin e Trump não discutiram sobre sanções no telefonema de sábado, na primeira conversa desde a posse de Trump.

"Vimos prontidão para resolver problemas difíceis através de diálogos, que o presidente Putin há tempos pede e infelizmente nos anos anteriores não encontramos uma resposta".

(Reportagem de Denis Pinchuk)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos