Mourinho diz ter um dos maiores empregos do mundo, mas o considera difícil

(Reuters) - O técnico do Manchester United, José Mourinho, admitiu que assumiu um cargo difícil no ano passado, com a tarefa de recuperar os dias de glória do clube sob o comando de Alex Ferguson.

Desde a aposentadoria em 2013 de Ferguson, que conquistou mais de 30 troféus importantes em 26 anos no Old Trafford, o Manchester United ganhou apenas um título, a FA Cup do ano passado, e demitiu dois treinadores: David Moyes e Louis van Gaal.

"Não há milagres no futebol, quando uma equipe está em apuros por dois, três ou quatro anos, é por alguma razão. Quando uma equipe ganha títulos, e nos últimos anos (não) ganhou títulos, é por alguma razão", disse Mourinho à imprensa britânica.

"Algumas pessoas conseguem trabalhos mais difíceis do que outros, eu tenho o maior emprego no país, um dos maiores empregos do mundo. (É) um cargo que eu posso imaginar que todo mundo gostaria de ter, mas é difícil."

Mourinho foi escolhido treinador do Manchester United em maio e, depois de um começo titubeante, perdeu apenas um dos seus últimos 19 jogos. Subiu para a sexta posição no Campeonato Inglês e chegou à final da Copa da Liga, à quinta rodada da FA Cup e à fase eliminatória da Liga Europa.

(Reportagem de Shravanth Vijayakumar)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos