BC do Japão mantém política monetária e projeções otimistas de preços

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O banco central do Japão manteve a política monetária nesta terça-feira e suas projeções otimistas de preços, sinalizando sua confiança de que a recuperação econômica vai ajudar a acelerar a inflação na direção da meta de 2 por cento sem estímulo adicional.

Em uma ação amplamente esperada, o banco central manteve a taxa de juros de 0,1 por cento que cobra sobre uma porção das reservas em excesso que as instituições financeiras deixam no Banco do Japão.

Na reunião de política monetária encerrada nesta terça-feira, o banco também manteve a meta de rendimento para os títulos do governo de 10 anos em torno de zero por cento.

Em uma tentativa de canalizar mais dinheiro para setores mais amplos da economia, o banco central prorrogou por um ano o prazo para seu programa de empréstimo que busca impulsionar os empréstimos às indústrias com potencial de crescimento.

"Eu projeto que a inflação vai acelerar, mas isso vai retardar o crescimento econômico", disse o economista sênior do Mitsubishi UFJ Morgan Stanley Securities Hiroshi Miyazaki.

Na revisão trimestral de suas projeções, o Banco do Japão elevou suas estimativas de crescimento para o ano fiscal que começa em abril e para o seguinte, diante da melhora das perspectivas para exportações.

Mas manteve sua estimativa para o núcleo da inflação ao consumidor em 1,5 por cento para o próximo ano fiscal, que começa em abril. Também deixou inalterada a projeção de inflação de 1,7 por cento para o ano fiscal de 2018. Isso apesar de fatores externos que elevam os preços, como recuperação do petróleo.

"Riscos tanto para a atividade econômica quanto para os preços são de baixa", disse o banco central no relatório. "O ímpeto para alcançar nossa meta de inflação de 2 por cento está mantido, mas carece de força."

(Reportagem adicional de Minami Funakoshi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos