Israel diz que construirá 3.000 novas casas em assentamento na Cisjordânia

JERUSALÉM (Reuters) - Israel anunciou planos nesta terça-feira para construir mais 3.000 casas em assentamento na Cisjordânia ocupada, a terceira declaração do tipo em onze dias desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu o cargo.

Trump indicou que poderia ser mais complacente com tais projetos do que seu antecessor, Barack Obama.

Um comunicado do Ministério de Defesa israelense, que administra as terras de Israel capturadas em uma guerra de 1967, informou que a decisão visa atender à demanda por habitação e "retorno à vida normal".

(Reportagem de Maayan Lubell)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos